Contatos: (81) 3521-2324 – (81) 3524-9139

Energia e animação dos aposentados e pensionistas marcam o Caboprev em folia

//Energia e animação dos aposentados e pensionistas marcam o Caboprev em folia

Energia e animação dos aposentados e pensionistas marcam o Caboprev em folia

Alegria, animação e muito frevo no pé marcaram o “Caboprev em folia” na noite da quarta-feira, dia 19 de setembro. A segunda festividade carnavalesca do Instituto foi realizada na Pizzaria Chefe Tony, no antigo Garden Eventos, na Rua do Quartzo, 42, na Destilaria. Cerca de 170 aposentados fizeram a festa acontecer em clima de união e amizade.

A abertura da programação aconteceu com o depoimento do diretor-presidente da autarquia, Albérico Rodrigues. “Esse é um evento realizado com segurança e que busca acolher o nosso público. A gente planeja e trabalha com legitimidade, tendo como propósito maior ter o aposentado junto da nossa casa”, ressaltou o gestor Albérico. O evento foi criado e aprovado pelos Conselhos de Administração e Fiscal como parte das ações do Programa de Pós-aposentadoria do Caboprev.

Na festividade, também houve espaço para campanhas de conscientização a respeito da violência contra a mulher, através da fala coordenadora da Secretaria da Mulher do Município, Andrea Eleonor. Logo em seguida, houve o momento de fala de Cristina Buarque, da Coordenação de Municipal de DST/Aids sobre prevenção de infecções sexualmente transmissíveis.

Como de costume, o Coral Caboprev brilhou na festividade cantando clássicos de frevo no comando do maestro Eduardo Valença. A banda Sinceramente Boêmios, a dupla Jorge e Monserrat, e os passistas de frevo da Cia de Dança Albatroz também animaram os aposentados e pensionistas que estavam presentes no local.

Profissionais da área de educação e saúde estiveram entre os foliões que brilharam sem perder a energia. Esse é o caso de Riselda Pereira, que exaltou a importância desse tipo de evento para os aposentados. “Uma festa como essa rejuvenesce, principalmente a mim, que tenho 70 anos. Nós estamos na melhor idade, precisamos brincar, pular e sorrir porque viramos crianças”, comentou, Riselda. Ao final da festa, o público se despediu entre abraços e desejos de novos reencontros.
⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Texto: Thatiany Deodato de Lucena – Assessoria de Comunicação (Caboprev)

2020-02-21T10:21:06+00:00 fevereiro 21, 2020|