Contatos: (81) 3521-2324 – (81) 3524-9139

CaboPrev discute política de investimento e plano de ações para 2014

//CaboPrev discute política de investimento e plano de ações para 2014

CaboPrev discute política de investimento e plano de ações para 2014

O Instituto de Previdência Social do Cabo de Santo Agostinho (CaboPrev), promoveu nesta quarta-feira (18/12), o Previplan (Previdência Planejando). O evento tem o intuito de planejar a política de investimento do instituto e o plano de ações para o ano de 2014. Na ocasião, foram apresentadas propostas para composição do plano de ações, que serão julgadas pelo comitê de investimento e conselhos fiscal e administrativo do CaboPrev. O evento foi realizado no Hotel Enseada dos Corais, em Gaibu.

Aquisição de novos equipamentos de informática, reforma do prédio onde funciona a sede do CaboPrev, doado recentemente pela Prefeitura do Cabo, aporte para a criação do fundo financeiro do instituto, capacitação dos servidores e membros do comitê e conselhos, além da realização da 5ª Conferência do CaboPrev, foram algumas das ideias apresentadas durante o evento. Ainda foi ministrada, por membros do ReciPrev, uma palestra sobre a política de investimento previdenciários.

Para diretora-presidente do instituto, Célia Verônica Emídio, a realização de eventos como esse servem, principalmente, para a qualificação dos servidores e membros do CaboPrev. “É muito importante à realização desses encontros que servem para qualificar nosso pessoal, pois assim podemos iniciar o ano de 2014 com muito mais autonomia e qualidade no serviço que prestamos”, declarou.

Um dos membros do comitê de Investimento do CaboPrev e professor da Fachuca, Manoel Oliveira, acredita que o evento serviu para avaliar o que foi feito no ano de 2013 e para apresentar as pretensões do Instituto de Previdência para o ano de 2014. “É fim de ano, estamos aqui para avaliar tudo que foi feito durante o ano e estudarmos o que poderemos fazer de melhor em 2014”, ressaltou. “O grupo que esta aqui reunido é muito heterogêneo e isso é bom. São opiniões diferentes que no fim se juntam e formam o melhor plano de ação possível,” concluiu.

Texto e fotos: Otávio Alves – Estagiário da Secom/Cabo

2013-12-23T00:00:00+00:00 dezembro 23, 2013|